BlogUncategorized

Às vezes você apenas tem que saltar

By June 9, 2016 March 21st, 2019 No Comments

Por Cory Carlson

(Presidente de Vendas da Uretek Holdings-EUA)

 

Em um vídeo de Steve Harvey, do programa Família Feud, ele dá uma mensagem inspiradora para a sua audiência sobre o poder e a necessidade de dar saltos de fé na vida. Em poucas palavras, ele desafia o público a saltar sabendo que para chegar a qualquer lugar que vale a pena na vida é preciso coragem para saltar para a próxima grande coisa.

Para mim, o pensamento de saltar pode ser muitas vezes emocionante, assustador, inspirador e paralisante, tudo ao mesmo tempo. Então, muitas vezes eu fico pendurado na borda do penhasco concentrado demais em de onde eu estou saltando ao invés de para onde eu estou saltando. O lugar onde já conheço, o mais conhecido é sempre mais confortável do que o desconhecido. É aqui que eu preciso decidir se vou de fato dar o salto de fé e saltar!

 

É sua hora de saltar?

Chaves para analisar antes de saltar

Steve Harvey cita Jesus em João 10:10 dizendo: “Eu vim para que tenham vida, e a tenham em abundância”. Para decidir se você vai para uma “coisa” nova, é importante primeiro analisar se o novo local de pouso vai realmente dar-lhe uma vida mais abundante.

Na nossa busca por uma vida plena, é útil avaliar os dons espirituais que Deus já nos deu para discernir se as nossas forças vão prosperar no outro lado do penhasco. Em Efésios 4, Paulo descompacta alguns desses dons com os quais Jesus equipou a cada um de nós: apóstolos, profetas, evangelistas, pastores e mestres.

Enquanto você lê as descrições abaixo, reflita sobre qual (quais) você acredita que Deus lhe deu, e como Ele pode querer usá-los conforme você embarca no desconhecido.

 

Você é um apóstolo?

Esses pioneiros e visionários estão sempre fluindo com grandes ideias e à procura de novos caminhos onde colocar uma estaca. Se este é você, se pergunte se o seu novo local de pouso lhe permitirá desenvolver um plano estratégico, crescer em novos mercados e / ou lançar novos produtos? Se não, então a nova aventura pode não proporcionar satisfação e você pode acabar se frustrando.

 

Você é um profeta?

O profeta ouve e ouve a Deus. Olhar para o futuro e avaliar se você terá liberdade para falar sobre a visão e compartilhar sua perspectiva. Se não, então pode surgir frustrações quando você sentir que a direção da empresa não se alinha com o que você está ouvindo de Deus.

 

Você é um evangelista?

O evangelista quer trazer a Boa Nova! A boa notícia pode ser qualquer coisa desde uma nova ideia para o mercado, motivar a equipe, ou o desenvolvimento de uma nova iniciativa. Olhando para o precipício, discernir se a nova oportunidade permite motivar os outros ou se você vai ser preso em um cubículo? Se isso acontecer, você pode não se satisfazer no trabalho e sentir que sua boa notícia está presa em uma garrafa.

 

Você é um pastor?

Isso não significa ser um pastor de uma igreja, mas um pastor para o seu povo. Um pastor supervisiona, dirige e cuida de seu povo. Será que o seu novo empreendimento lhe fornece tempo e espaço para cuidar dos outros? Será que você tem subordinados diretos? Se não, então a frustração pode vir se você não for capaz de cuidar e orientar o seu rebanho.

 

Você é um mestre?

O mestre gosta de equipar outros para terem sucesso. Mestres procuram maneiras de explicar, esclarecer e informar as pessoas. Discernir se o seu novo papel potencial vai permitir que você tenha a oportunidade de melhorar a competência da sua equipe. Se isso não parece provável, a sua frustração será não poder ajudar funcionários em seu desenvolvimento.

 

Tudo o que você precisa é de um salto de fé?

Os melhores saltos que dei foram os que me permitiram usar meus dons de evangelista e pastor. Eu trabalhei para uma grande empresa por dez anos, mas há alguns anos atrás eu fiz o salto para um novo papel que me permitiu usar meus pontos fortes e expandir minha influência liderando uma equipe inteira para fazer o mesmo. Através deste salto, experimentei a vida abundante que Jesus promete.

No final, só você pode decidir se é o seu tempo de saltar ou não. Então, o que há do outro lado para você? É o seu tempo de saltar? O lugar para onde você está saltando vai permitir que você use seus dons e experiência de vida ao máximo?

Enquanto você reflete e discerne, saiba que a equipe do Cinco Capitais está sempre disposta a ajudá-lo no processo. Eles têm sido uma ajuda incrível para mim! Não tenho dúvidas de que eles vão dar-lhe maior clareza e visão e ajudá-lo a dar o seu salto de fé!